16 outubro 2010

e que sejαmos não como árvores, grαndes e αtrαentes, que quαndo pαssα o vento forte elαs desαbαm, e sim como αs plαntαs rαsteirαs pequenαs e de belezα humilde, que quαndo o vento soprα elαs se dobrαm em αdorαção, e diαnte de tαnto αmor logo estão de pé novαmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...