08 abril 2012

Você que me entende, desentende, briga, faz as pazes, ama, desama, está junto, foge. ♥

Alguns dizem por aí: 'se eu pudesse escolher', blá blá blá. Eu rebato, grito, bato o pé e anuncio: se eu pudesse escolher, não escolheria blá blá blás e desculpas furadas. Escolheria você. Você que tem esse jeito desajeitado. Esse encanto desencantado. Essa melodia desafiada. Esses erros tão errados. Esses acertos tão acertados. Você que me entende, desentende, briga, faz as pazes, ama, desama, está junto, foge. Você que senta ao lado e sai correndo. Que é puro e meio pagão. Desconfiado e pé no chão. Sincero e verdadeiro. Importante e especial. Valente e traiçoeiro. Você que chegou e destruiu qualquer resistência que eu pudesse vir a ter. Se eu pudesse escolher, escolheria você. Você que me deixa viva e morta. Morta-viva. Feliz e infeliz. Contente e descontente. Alegre e criança. Pura e selvagem. Inocente e indecente. Amada e odiada. Você que me faz ter todas as sensações do mundo. Simplismente você. Você, que eu amo. Você que trouxe mais sentido e alegria. Você, que fez com que eu descobrisse novas partes de mim. Você, que faz com que meus dias sejam melhores. Você, que faz os meus minutos valerem a pena. Escolheria você. Escolho você. Sempre.

Clarissa Corrêa.


e mesmo hoje, depois de tudo, eu ainda escolheria você

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...