18 maio 2012

Destrambelhada, desastrada, desconcertante, impulsiva, autêntica. Acima de tudo, humana.


Não nasci para ser coerente, gosto mesmo de tudo que é despreocupado, desprendido. Não agrado a todos, nem é minha intenção. Pois não estou sempre apta a fazer tudo certo. Não tenho a miníma necessidade de que as pessoas entendam minhas lágrimas, crises ou fraquezas. Mas acho que respeito é uma coisa que todos deveriam ter. Meu sorriso é para aqueles que não economizam nas entregas e desperta-me para o que há de mais interessante. Destrambelhada, desastrada, desconcertante, impulsiva, autêntica. Acima de tudo, humana. Nasci para passar verdade em cada uma das minhas palavras e sobretudo em minhas atitudes. Não sinto necessidade de ser interessante o tempo todo, não faço tipo e não abro mão da minha personalidade para tornar agradável a permanência de alguém. Meu sarcasmo, até me diverte! Difícil de lidar? Um pouco. Mas garanto que estarei ao teu lado, mesmo que o barco afunde. E que ao meu lado nada será monótono. Não espere que eu supere todas as suas expectativas, as vezes nem supero as minhas. Mas pode ter certeza que respeitarei sua imperfeição, desde que você tenha conteúdo a me acrescentar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...