29 junho 2012

Quero outra coisa, eu quero encontrar outra coisa,

- Não quero lembrar. Faz mal lembrar das coisas que se foram e não voltam. No começo fiquei com raiva, achei que ela não pensou em mais ninguém quando desapareceu. Só nela mesma. Mas a gente nunca pode julgar o que acontece dentro dos outros. Ela queria outra coisa.
- Que coisa?
- Nem ela sabia. Repetia isso o dia inteiro: "Quero outra coisa, eu quero encontrar outra coisa".

Caio Fernando Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...