16 agosto 2015

O medo é a desculpa que todo mundo sempre dá.

"Ela tinha namorado. Eu era um palerma. Ela era apaixonante. Eu era irremediavelmente sem graça. Ela era infinitamente fascinante. Então voltei para o meu quarto e desabei no beliche de baixo, pensando que, se as pessoas fossem chuva, eu era garoa e ela, um furacão."

John Green 

Tempão sem postar no blog, peço desculpas a todos, estou trabalhando novamente, em um horário um pouco corrido, meu notebook está péssimo e o animo de postar também. Mas vamos lá, a um tempinho li o livro "Quem é você Alasca?" e fiquei refletindo sobre um dos trechos do livro: 
Ao meu ver, o labirinto seria a vida. Fiquei pensando como podemos passar por essa vida sem sofrer tanto, mas noto que sofremos por tudo, por algo que não deu certo, por pessoas que não merecem, por coisas que nem ao menos aconteceram. Fiquei pensando em quantas vezes aceitamos o sofrimento, aceitamos um relacionamento que não nos faz bem, trabalhamos com algo que só nos estressa, brigamos por coisas desnecessárias. No livro, notamos que a maneira que a Alasca encontrou para sair dessa labirinto, (spoiler) foi a morte. Mas não quero chegar a esse ponto para parar de sofrer. Quero agora, uma vida feliz, tranquila, quero aproveitar todos os momentos e saber passar por cima de qualquer problema. 

E você? Como pretende sair do seu labirinto de sofrimento? Indico o livro a todos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...